CAMPO DE FUTEBOL DO 24º BPM RECEBERÁ ILUMINAÇÃO

Pedido do vereador Zué do Esporte foi atendido por deputados da região


O vereador Zué do Esporte esteve nesta semana na sede do 24º Batalhão da Polícia Militar em Varginha para verificar os materiais que foram entregues e que serão utilizados na iluminação do campo de futebol da unidade. A instalação dos equipamentos atende a uma indicação feita em março deste ano pelo vereador Zué do Esporte e contou com o apoio dos deputados federal Dimas Fabiano e estadual Professor Cleiton.
De acordo com o parlamentar, a iluminação adequada vai possibilitar a utilização do campo de futebol no período noturno pela comunidade, incentivando a prática de atividades esportivas e facilitando a realização de campeonatos.
“Sem a iluminação os moradores não tem condições de praticar esportes, já que para muitos só é possível jogar futebol após o expediente de trabalho. Com a iluminação podemos atrair mais jovens e adolescentes para a prática do esporte e de treinamentos”, disse o vereador.
Segundo Zué do Esporte a Prefeitura está responsável pela instalação dos equipamentos, trabalho que deve ser concluído ainda este mês.

 

VEREADOR DR. GUEDES PROPÕE RETOMADA DO HORTO FLORESTAL NO PARQUE SÃO FRANCISCO

Uma indicação apresentada pelo vereador Dr. Fernando Guedes, durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Varginha, propõe a retomada do projeto Horto Florestal, com incubadoras de mudas e plantas diversas, no Parque São Francisco.

De acordo com o vereador, no ano de 2010, o programa funcionava no parque municipal e tinha como objetivo o cultivo, doação e venda de mudas de café, plantas ornamentais, árvores frutíferas e nativas da região, dentre outras, para pequenos agricultores e munícipes que desejassem realizar o plantio das mudas em suas propriedades.

“Estive com alguns pequenos produtores e munícipes que reivindicaram o retorno desse projeto que, inclusive, já havia sido motivo de uma indicação que apresentei em 2011. Reforço meu pedido, pois acredito que com essa iniciativa será possível melhorar a arborização na nossa cidade e incentivar a preservação ambiental entre os munícipes. Além disso, os pequenos produtores rurais poderão melhorar suas lavouras de café com as mudas produzidas no parque”, justificou.

Dr. Guedes sugeriu, ainda, que o Parque São Francisco seja utilizado como projeto piloto, podendo posteriormente ser ampliado para os demais parques florestais do município. 

 

PROJETO DE LEI APROVADO NA CÂMARA DE VARGINHA PROÍBE A UTILIZAÇÃO DE CANUDOS PLÁSTICOS NO MUNICÍPIO

Foi aprovado no início desta semana, na Câmara Municipal de Varginha, um Projeto de Lei que pretende acabar com o uso de canudos plásticos em bares, restaurantes e comércios do município. A proposta de autoria dos vereadores Dr. Cláudio Abreu, Dr. Fernando Guedes e Dr. Alencar Faleiros é para que seja definitivamente proibida a fabricação, utilização, distribuição ou comercialização de canudos feitos de polipropileno, poliestireno ou qualquer outro material que não seja biodegradável e ecologicamente sustentável.

Segundo o texto do Projeto de Lei nº 29/2019, que tramitava na Casa desde o mês de julho, os estabelecimentos comerciais deverão oferecer a seus clientes canudos feitos de papel reciclável, material comestível ou biodegradável e deverão, ainda, ser embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados e produzidos do mesmo material.

Para Dr. Alencar, a proibição do uso dos canudinhos, é apenas o primeiro passo para que a sociedade comece a repensar alguns hábitos e comece a encontrar alternativas para o consumo consciente.

“Nosso objetivo como esse projeto é despertar na nossa população, principalmente entre as crianças e jovens, a importância de se discutir e colocar em prática novas formas de contribuir para a preservação do meio ambiente. A partir dessa iniciativa, poderemos também expandir a restrição para outros itens, como sacolas e copos plásticos, que hoje também são um grande problema. Precisamos estar cientes de que se não cuidarmos de nosso planeta, as futuras gerações acabarão sofrendo as consequências por conta desses atos”, justificou o parlamentar.

O projeto aprovado foi encaminhado ao prefeito Antônio Silva para que seja sancionado ou vetado. A Lei será regulamentada pelo Executivo no prazo de seis meses e entrará em vigor no prazo de um ano após sua publicação. 

 

VEREADOR DELEGADO CELSO ÁVILA PEDE ESTRUTURA ADEQUADA PARA ATENDER VISITANTES DO CEMITÉRIO NO DIA DE FINADOS

O vereador Delegado Celso Ávila apresentou uma indicação, na Câmara de Varginha, solicitando ao prefeito, ao secretário de Turismo e Comércio e ao diretor do Serviço Municipal de Luto – Semul, que sejam tomadas as providências para a instalação de toda a estrutura necessária para acolher a população durante a celebração do Dia de Finados no Cemitério Municipal.

No documento, o vereador pediu a disponibilização em caráter temporário de um palco coberto, cadeiras, ambulância e banheiros químicos para acolher os fiéis e pregadores no dia 02 de novembro.

“Este é um dia que o Cemitério Municipal recebe muitas pessoas que participam dos cultos, celebrações e nada mais justo do que oferecer um espaço acolhedor a estes visitantes, como ocorreu no último ano, para poderem reverenciar e homenagear seus entes queridos com mais dignidade e conforto. Tal medida evitará também que as pessoas que passam por momentos de profunda tristeza, consternação e reflexão, enfrentem ainda mais dificuldades ao visitarem os túmulos de familiares e amigos durante as homenagens”, justificou Dr. Celso.

 

VEREADOR DELEGADO CELSO PROPÕE INSTALAÇÃO DE PONTOS DE COLETA SELETIVA DE RESÍDUOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

Uma proposta apresentada pelo vereador Delegado Celso Ávila, durante reunião ordinária na Câmara Municipal, pretende acabar com o descarte irregular de entulhos de obras e reformas em Varginha.

No pedido encaminhado ao Executivo, o parlamentar propõe que sejam implantados ecopontos de coleta seletiva de materiais e resíduos de construção civil no município, colaborando com a preservação do meio ambiente e com a limpeza da cidade.

“O descarte deste tipo de material nas ruas, nas calçadas, praças e terrenos baldios é uma prática muito comum por toda a cidade, já que esses resíduos não são recolhidos pelos caminhões da coleta de lixo. É uma situação que precisa ser revista, pois, além de se tornar um incômodo para a população, os entulhos acabam gerando outros problemas, como enchentes, a proliferação de animais peçonhentos e a degradação do ambiente urbano”, justificou o vereador.

Dr. Celso destacou, ainda, que a reciclagem dos resíduos de construção e demolição é viável do ponto de visto técnico e ambiental, cabendo à Administração incentivar a sua implementação, inclusive através da viabilização da atividade privada.

“Diversas Prefeituras brasileiras já operam centrais de reciclagem de resíduos de construção e demolição, conhecidos como RCD, produzindo agregados utilizados basicamente em obras de pavimentação, mas para que isso seja possível, são necessárias políticas públicas consistentes, abrangendo áreas de legislação, pesquisa e desenvolvimento, legislação tributária e educação ambiental. Nossa cidade só tem a ganhar com esta iniciativa e, por isso, espero conseguir o apoio da prefeitura para podermos colocá-la em prática”, finalizou o vereador. 

ESCOLA DO LEGISLATIVO DA CÂMARA DE VARGINHA INICIA DISPUTA DA GINCANA MUNICIPAL DO SABER 2019

Escola Municipal São José venceu disputa de hoje e vai para a final

A Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Varginha iniciou na tarde desta segunda-feira (30) a fase municipal da Gincana do Saber 2019. A abertura da competição que é disputada entre escolas de Varginha, contou com a presença das escolas do Grupo A, composto pelas Escola Estadual Professora Aracy Miranda, Escola Estadual Brasil e Escola Municipal São José. O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, o vereador Carlos Costa, o diretor da Escola do Legislativo de Varginha, Robson Almeida, professores e alunos também estiveram presentes no evento.
Este ano a competição vai analisar o conhecimento adquirido no estudo do livro "História da Câmara", obra lançada em 2018 pela Câmara Municipal de Varginha, que conta a história do poder legislativo local.


O presidente Dudu Ottoni fez a abertura do evento agradecendo a presença dos professores e das escolas concorrentes. “Para mim é motivo de muito orgulho receber as escolas nesta 4ª edição da Gincana Municipal do Saber. É um momento importante para esses jovens que têm a oportunidade de conhecer através da competição um pouco mais sobre a história de Varginha e do Legislativo Municipal. Que vocês tenham sucesso nessa disputa e no dia a dia respeitem seus professores e a escola onde vocês estudam, pois só através da educação poderemos mudar o nosso país”, disse o vereador.


Após a abertura, os alunos e os professores ocuparam seus lugares para o início da competição. As perguntas eram sorteadas pelos professores e as respostas julgadas pelo vereador Carlos Costa, que estava embasado no livro História da Câmara. A cada questão respondida corretamente os alunos pontuavam para sua escola. Ao final das rodadas de perguntas, os alunos Isabelle Costa G. Fortunato e Túlio H. de Souza da Escola Municipal São José venceram a disputa, garantindo vaga na final que acontece na próxima sexta-feira (04) às 9h.


Amanhã (30/09) no plenário da Câmara Municipal de Varginha acontece a disputa entre as escolas do Grupo B às 9h e Grupo C às 14h. Participam pelo grupo B as Escolas Estaduais Cel. Gabriel Penha de Paiva, Professor Fábio Salles e Antônio Corrêa de Carvalho. O grupo C é formado pela Escola Municipal José Augusto de Paiva e Escolas Estaduais Coração de Jesus e Pedro de Alcântara. A gincana do saber tem transmissão ao vivo através do Facebook da Escola do Legislativo e Youtube da Câmara de Varginha.

J MACÊDO ASSUME ADMINISTRAÇÃO DO MOINHO SUL MINEIRO E VEREADORES SÃO CONVIDADOS PARA CONHECER A EMPRESA

Mais uma edição do Câmara nas Empresas foi realizada nesta segunda-feira (23). O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni e os vereadores Carlos Costa, Delegado Celso Ávila, Leonardo Ciacci, Marquinho da Cooperativa e Zilda Silva foram recepcionados pela diretoria da J Macedo, empresa que assumiu a administração do Moinho Sul Mineiro.

Também estiveram presentes o prefeito de Varginha, Antônio Silva, o vice-prefeito, Vérdi Lúcio Melo, os secretários Carlos Honório Ottoni Júnior e Pedro Gazolla, além de colaboradores, clientes e integrantes do conselho diretor da empresa.

No encontro, o presidente executivo da J.Macedo, Walter Faria Júnior, explicou as ações que já estão sendo desenvolvidas na unidade de Varginha e os planos para o futuro da empresa. “Contamos com três mil colaboradores diretos em todo o Brasil e chegamos a Varginha para somar. Essa é uma região muito importante na produção de trigo, uma das nossas principais matérias-primas. Já estamos fabricando aqui no Moinho Sul Mineiro a farinha Dona Benta, o carro-chefe da nossa empresa, juntamente com as farinhas SM. Nossa expectativa é dobrar a produção atual e, ainda, gerar novos empregos na unidade”, disse Walter.

O presidente da Câmara Municipal de Varginha, vereador Dudu Ottoni, agradeceu ao convite feito a todos os vereadores e à Prefeitura. “Ficamos muito contentes de ver que uma empresa do porte da J Macedo, que é líder nacional na categoria de farinha de trigo e de outros produtos, tenha escolhido Varginha para expandir sua produção aqui no Sudeste do país. Isso demonstra a confiança que nosso Município tem perante os investidores e podemos destacar as políticas públicas sérias desenvolvidas aqui em prol do empresariado”, disse Dudu Ottoni.

J MACÊDO

A J.Macêdo acaba de completar 80 anos em atividade e é a empresa brasileira de alimentos, líder no  segmento de farinhas de trigo domésticas e de mistura para bolos, além de ser a segunda maior empresa nacional no segmento de massas alimentícias e a fabricante líder em vendas de farinhas de trigo, massas e misturas para bolos na cidade de São Paulo (SP).

É dona de marcas renomadas, como Dona Benta, Sol, Boa Sorte e Petibom, produzindo massas, misturas para bolos, sobremesas, biscoitos, fermentos, cookies e refrescos. A J.Macêdo também possui uma Linha Profissional atuando nas categorias de farinha de panificação, farinhas de transformação, mistura para pães, mistura para bolos, reforçador de farinha e fermento, todas com a marca Dona Benta Profissional.

Além da unidade de Minas Gerais, localizada em Varginha, também tem unidades na Bahia, Ceará e São Paulo. “Nossa vinda para Varginha se deve à excelente localização do Município, que nos permite abastecer nossa fábrica de massas, em São José dos Campos (SP), com a farinha de trigo produzida aqui e, também, por já estarmos localizados em uma das regiões que mais consomem farinha de trigo, facilitando o comércio. Estamos muito entusiasmados com esses investimentos feitos aqui e temos certeza que só teremos ainda mais sucesso”, concluiu Walter.

“O Câmara nas Empresas tem se destacado desde que foi criado. Acreditamos que esse  estreitamento de relações entre o poder público e as empresas privadas desburocratiza um pouco para aqueles que querem investir em nossa cidade. Continuaremos, como legisladores, empenhados em apoiar quaisquer iniciativas que tenham como objetivo fomentar a economia da nossa cidade, gerando emprego e renda para os que moram em Varginha”, finalizou o presidente da Câmara, Dudu Ottoni.

 

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
as 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper