CÂMARA ENTREGA TÍTULO DE CIDADANIA AO CAPITÃO CARLOS ALBERTO

Homenagem foi concedida por meio do vereador Buiu do Ônibus

A última quinta-feira (02) foi de emoção para o senhor Carlos Alberto da Costa. Em uma solenidade realizada pela Câmara Municipal de Varginha, Albertinho como é mais conhecido o Capitão da Polícia Militar, foi homenageado com o Título de Cidadão Honorário Varginhense.  A honraria foi proposta pelo vereador Buiu do Ônibus e aprovada por unanimidade pelo Legislativo.

Presidida pelo vereador Dudu Ottoni, a solenidade contou ainda com a presença dos vereadores Leonardo Ciacci, Zacarias Piva e Zilda Silva.

Familiares, amigos e autoridades, entre elas o vice-prefeito Verdi Melo, o comandante do 24º Batalhão tenente coronel Marcos Serpa, o comandante da 55ª Companhia Capitão Alexandre e o chefe de instrução do tiro de guerra, Subtenente Arlei Alberto também participaram da cerimônia.

Em uso da palavra, vereadores e autoridades presentes destacaram o mérito do capitão pela homenagem recebida, por prestar seu trabalho sempre com competência e honradez.

“Sinto-me imensamente honrado em oferecer essa homenagem ao capitão Albertinho. Em anos de trabalho, o capitão tem atuado para fortalecer e melhorar o atendimento a todos. Esta honraria evidencia o reconhecimento da sociedade às tarefas executadas por ele e pela polícia militar em nossa cidade”, enalteceu o proponente da homenagem, vereador Buiu do Ônibus.

Emocionado, Capitão Albertinho afirmou sua alegria em receber o título de cidadão varginhense. “Receber essa honraria era um sonho antigo que hoje se concretiza. Reafirmo perante todos que continuarei atuando da melhor forma possível para honrar esse título de cidadão varginhense. Agradeço a Deus, que nos dá a oportunidade, e a todas as pessoas que estão comigo, em especial minha família, amigos e aos bravos militares do batalhão que lutam diariamente comigo”, ressaltou o capitão.

CÂMARA DE VARGINHA MANIFESTA APOIO AO HOSPITAL REGIONAL E APROVA SUBVENÇÃO DE MAIS DE R$ 500 MIL PARA INSTITUIÇÃO

A Câmara Municipal de Varginha recebeu dezenas de pessoas na noite de ontem (29) em um manifesto em apoio ao Hospital Regional do Sul de Minas. Na oportunidade, o Conselho Administrativo da instituição ocupou a Tribuna Livre da Casa para apresentar a realidade financeira do hospital e pedir apoio do poder público para a causa.

A tribuna foi ocupada pelo presidente do Conselho Administrativo do Hospital Regional, Frederico Nunes e os senhores Cléber Marques de Paiva e Sebastião Vallim, que também fazem parte do Conselho. Eles detalharam as dívidas da instituição, que declararam estar em torno de R$ 60 milhões.

Os vereadores, que sempre estiveram solidários com a causa, na oportunidade demonstraram o que o Legislativo tem feito para ajudar o Hospital Regional, principalmente desde o início da atual legislatura, em 2017, quando o presidente da época, Zacarias Piva abriu mão de R$ 2 milhões do orçamento para que a Prefeitura repassasse ao Regional. O vereador Leonardo Ciacci, que ocupou a presidência em 2018, devolveu R$ 3 milhões e 250 mil ao Executivo e parte desse montante foi destinado a área da saúde.

 Neste ano a expectativa é em relação às emendas impositivas que seis vereadores escolheram destinar ao Hospital Regional. No total, as emendas somam quase R$ 1,7 milhão. Os vereadores Buiú do Ônibus, Carlos Costa, Dr. Guedes, Marquinho da Cooperativa e Zacarias Piva destinam R$ 300 mil cada e R$ 148 mil serão destinados pelo vereador Pastor Fausto. Além disso, é importante ressaltar os valores que já passaram pela Câmara e que foram aprovados como subvenção ao Hospital Regional desde 2013.

De acordo com levantamento feito pela assessoria da Casa, desde 2013 a Câmara Municipal de Varginha já aprovou R$ 15.840.775,76 em subvenção à instituição. Esse valor não conta o Projeto de Lei aprovado na noite de ontem, após extensa discussão entre os vereadores. Oportunamente na presença de integrantes do Conselho Diretor e de servidores do Hospital Regional os vereadores aprovaram a subvenção de R$ 540 mil para a instituição. “A votação desta noite demonstra a todos vocês que estão aqui presentes que esta Câmara tem sido e continuará sendo parceira do Hospital Regional em tudo que for da nossa competência. Os vereadores são sensíveis não só à causa dos pacientes de Varginha, mas de toda a região que vêm aqui para se tratar. Além disso, queremos que os servidores desta instituição tenham tranquilidade para trabalhar, sabendo que seus salários serão pagos em dia. O que vocês podem continuar esperando dessa Câmara é a atitude que estamos tendo continuamente de sermos parceiros de vocês para que o Hospital não feche as portas”, disse o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni.

Os demais vereadores presentes se manifestaram solidários aos servidores, pacientes e ao conselho diretor e se dispuseram a intervir com deputados e demais políticos que possam ajudar com emendas para ajudar a minimizar a dificuldade financeira da instituição.

Ao final da tribuna, o diretor Frederico agradeceu muito a acolhida de todos os vereadores e se disse muito feliz por todo o empenho que a Câmara tem demonstrado. Fez um convite para que os vereadores que puderem os acompanhe até uma audiência pública que será realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais no próximo mês, onde a situação do Hospital Regional também será demonstrada em nível estadual.

 

DELEGADO CELSO ÁVILA QUER INFORMAÇÕES SOBRE MANUTENÇÃO NA PRAÇA DA CEMIG E O MEMORIAL DO ET

O vereador Delegado Celso Ávila encaminhou um requerimento para o Executivo Municipal onde solicita informações sobre a realização de reparos e manutenção da alvenaria existente na Praça da Cemig, no alto da Vila Paiva e sobre a segurança que seria instalada no Memorial do ET.

O vereador quer saber se a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos realizou um levantamento detalhado dos reparos necessários no local e dos custos da manutenção. Ele pediu, ainda, esclarecimentos sobre a demora da ocupação dos espaços cedidos ao 24º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais – BPMMG e à Guarda Civil Municipal – GCM, no imóvel denominado como Memorial do ET.

“Após quase um ano que apresentei os requerimentos cobrando informações sobre a manutenção na praça, nenhuma melhoria foi efetuada no local e a situação continua agravando-se a cada dia, com danos, pichações e degradações naturais. Reforço meu pedido junto à Administração, pois a manutenção dessa praça é necessária para a segurança e comodidade de centenas de pessoas que se dirigem ao local para a prática de diversas atividades esportivas, além de ser um lugar que recebe muitos visitantes da região e de vários estados que buscam apreciar a vista panorâmica da cidade”, destacou Delegado Celso. 

PRESIDENTE DA CÂMARA RECEBE VISITA DO VICE-PRESIDENTE DA COPASA

O presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, recebeu na tarde da última quinta-feira (25) a visita do vice-presidente da Copasa, Tadeu José Mendonça. 
Durante a conversa, Tadeu fez questão de reforçar a importância do vereador dentro do município. Para ele, o legislador está sempre em contato com o povo e é o principal canal entre a população e o Executivo. 
Segundo o presidente da Câmara Municipal, Dudu Ottoni, a companhia tem que acompanhar o crescimento de Varginha para melhorar a qualidade de vida do cidadão que paga suas contas e quer um serviço de qualidade. Dudu ainda completou que a Copasa tem que investir mais no município.

 

VEREADORES DE VARGINHA RECEBEM VISITA DE REPRESENTANTES DE AGÊNCIA HUMANITÁRIA

Na tarde da última quinta-feira (25), o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni e o vereador Delegado Celso Ávila receberam a visita de representantes da Adra – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais. 
Durante a visita, as voluntárias Romilda e Maria do Carmo apresentaram o trabalho realizado pela Adra, destacando a ampliação dos serviços para novas localidades. 
Estabelecida pela Igreja Adventista, a agência executa projetos de desenvolvimento comunitário e de assistência humanitária, atendendo crianças, adultos e idosos, sem qualquer distinção.
Dudu Ottoni agradeceu a visita e colocou-se à disposição. “É um trabalho muito significativo e que faz a diferença na vida das pessoas. Estou à disposição, enquanto legislador, para auxiliar no que for necessário. Inclusive, um de nossos projetos, o Câmara Social, lançado neste ano vem exatamente para reforçar essa questão, a valorização das entidades sociais que atuam em Varginha”, pontuou.

VEREADORES RECEBEM VISITA DE REPRESENTANTES DE AGÊNCIA HUMANITÁRIA

Na tarde da última quinta-feira (25), o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni e o vereador Delegado Celso Ávila receberam a visita de representantes da Adra – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais. 
Durante a visita, as voluntárias Romilda e Maria do Carmo apresentaram o trabalho realizado pela Adra, destacando a ampliação dos serviços para novas localidades. 
Estabelecida pela Igreja Adventista, a agência executa projetos de desenvolvimento comunitário e de assistência humanitária, atendendo crianças, adultos e idosos, sem qualquer distinção.
Dudu Ottoni agradeceu a visita e colocou-se à disposição. “É um trabalho muito significativo e que faz a diferença na vida das pessoas. Estou à disposição, enquanto legislador, para auxiliar no que for necessário. Inclusive, um de nossos projetos, o Câmara Social, lançado neste ano vem exatamente para reforçar essa questão, a valorização das entidades sociais que atuam em Varginha”, pontuou.

VEREADORES VISITAM A FUVAE EM MAIS UMA EDIÇÃO DO PROJETO CÂMARA SOCIAL

Mais uma vez os vereadores foram ao encontro daqueles que tanto contribuem para nossa cidade. Na última terça-feira (23) foi realizada a segunda edição do projeto Câmara Social e o presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni acompanhado dos vereadores Buiú do Ônibus, Leonardo Ciacci, Zacarias Piva e Zilda Silva foram recebidos na Fundação Varginhense de Apoio aos Excepcionais – Fuvae.

Em atividade em Varginha desde fevereiro de 1961, a Fuvae, que começou com cinco crianças atendidas, hoje atende mais de 400 pessoas com deficiência e suas famílias. A idade dos atendidos varia desde bebês até idosos. “Nós realizamos a assistência em três pilares: no social, na saúde e na educação e tudo de forma gratuita. Oferecemos atendimento individual, em grupo e todos os atendidos aqui têm à disposição profissionais capacitados, como fonoaudiólogo, fisioterapeuta, psicólogo, psiquiatra, enfim, uma diversidade de profissionais que integram nossa equipe de cerca  de 80 funcionários”, explicou a diretora administrativa, Kátia Nogueira Paiva Campos.

 Após uma conversa com a direção da instituição, onde foram abordadas as dificuldades que a Fuvae passa com a falta de subvenção, os vereadores se propuseram a ajudar, intervindo em todas as esferas de governo. “O objetivo do Câmara Social é este. A gente conhece o trabalho importante que a Fuvae realiza, mas só vindo aqui, de perto, pra entender a dificuldade que eles estão passando e como é difícil para manter essa grandiosa ação que eles desempenham. Fazer tudo isso com pouco apoio do poder público pode se tornar inviável e a Câmara Municipal de Varginha, nós, vereadores, vamos trabalhar para apoiar que ao invés de encerrarem as atividades da Fuvae, que elas ampliem. O que eles fazem aqui o Município teria uma dificuldade imensa de assumir, caso a instituição não existisse, por isso precisamos correr atrás de todo apoio possível e é isso que vamos fazer, após essa visita”, disse o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni.

Os vereadores também conheceram todas as instalações do imenso prédio que abriga todas as atividades da Fundação. Foi explicado que parte da renda utilizada para manter a instituição vem dos aluguéis de áreas do imóvel, como a piscina, quadra, estacionamento, salão e centro comercial. “Mesmo com todo esforço que fazemos, com os aluguéis, com os eventos que fazemos, com os empresários que nos ajudam, o que arrecadamos fica muito abaixo do nosso gasto mensal que é de quase R$ 90 mil. Precisamos urgentemente de um apoio do poder público para continuar mantendo nossas atividades”, explicou Kátia.

Com essa visita e conhecimento real da Fuvae, os vereadores se sensibilizaram e se propuseram a interceder com a Prefeitura, Governo do Estado e deputados com base em Varginha para ajudar à instituição. Será feito um requerimento na Câmara Municipal, oficializando todas as necessidades levantadas durante a visita, inclusive as necessidades de transporte das mães e dos alunos no transporte adaptado. Esse requerimento será endereçado às autoridades competentes e os vereadores correrão atrás para conquistar as melhorias urgentes que a Fuvae precisa. “Esse é o real objetivo do Câmara Social, valorizar essas entidades que tanto contribuem com nossa cidade. Elas assumem até mesmo responsabilidades do poder público e, por isso, precisam de um olhar atento nosso. Hoje foi uma visita esclarecedora e tocante para todos nós que pudemos participar e vamos batalhar para conquistar o que tiver ao nosso alcance”, completou o presidente da Câmara.

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
as 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper