O Fundo Municipal de Saneamento Básico, criado por uma emenda de autoria do presidente da Câmara de Varginha, Zacarias Piva, ao contrato de renovação da Copasa com o Município - a Lei Piva -  já reverteu R$ 562.975,96 para a Prefeitura, em apenas quatro meses.

Em resposta a um requerimento feito pelo vereador Zacarias, a Copasa informou que o repasse ao Fundo Municipal de Saneamento Básico do Município está sendo realizado mensalmente e que já foram efetivados repassados dos valores referentes à receita operacional líquida apurada nos meses de junho, julho, agosto e setembro de 2017.

Esses recursos devem ser destinados a várias ações de saneamento básico, como: ampliação e manutenção dos serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos; recuperação e melhoramento da malha viária danificada em razão de obras de saneamento básico; estudos e projetos de saneamento; ações de educação ambiental em relação ao saneamento básico; subsídio das tarifas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de estabelecimento da área de saúde, educação e demais órgãos específicos e outras ações.

“Ficamos satisfeitos com esse retorno positivo da Lei Piva. É mais de meio milhão de reais que a Prefeitura recebe em apenas quatro meses. Agradeço imensamente à Copasa que entendeu a importância desse projeto e demonstra que está na nossa cidade para também ajudar na promoção do desenvolvimento. Continuaremos fiscalizando e cobrando que esses recursos sejam utilizados para a melhoria da qualidade de vida da nossa população”, concluiu Piva.

Siga-nos no Twitter!!

Precisando de orientações?

Nossa equipe está disponível de segunda à sexta,
as 8h às 18h para auxiliá-lo(a).

- Pça. Governador Benedito Valadares, Centro
  37002-020, Varginha - MG

- 35 3219 4757

 

Perguntas Frequentes

JoomShaper